jump to navigation

DOAÇÃO DE SANGUE 26 de maio de 2011

Posted by prefaciounitri in Notícias.
comments closed

O NÚMERO DE DOAÇÕES DE SANGUE NO HEMOCENTRO DE UBERLÂNDIA BEM REGISTRANDO QUEDA DESDE A ÚLTIMA SEMANA. EM MÉDIA AS COLETAS TEM SIDO 30% MENORES,UM DOS PRINCIPAIS MOTIVOS ESTÁ NA MUDANÇA DE TEMPO,NÃO SO O FRIO, MAS ALGUMAS DOENÇAS COMO GRIPE,RESFRIADOS CAUSADAS NESTA EPOCA DO ANO,CONTRIBUEM PARA A DIMUIÇÃO DE DOADORES.A CADA DIA A UNIDADE DO HEMOMINAS EM UBERLÂNDIA RECEBE CERCA DE 100 DOADORES. MAS, DESDE A ÚLTIMA SEMANA ESTE NÚMERO TEM SOFRIDO QUEDA.

A UNIDADEDE UBERLÂNDIA ATENDE A DEMANDA DE 17 MUNIÍPIOS DA REGIÃO. O VOLUME CONSIDERADO SATISFATÓRIO É DE 1.800 COLETAS A CADA MÊS. QUALQUER PESSOA COM BOA SAÚDE, IDADE ENTRE 18 E 60 ANOS E ACIMA DOS 50 QUILOS PODE FAZER A DOAÇÃO.

AS COLETAS SÃO FEITAS DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA DAS SETE AS 11H30 DA MANHÃ. HOMENS PODEM DOAR ATÉ QUATRO VEZES POR ANO, E AS MULHERES ATÉ TRÊS VEZES.

O HEMOCENTRO DE UBERLÂNDIA FICA NA AVENIDA LEVINDO DE SOUZA NÚMERO 1845, NO BAIRRO UMUARAMA.

REPORTAGEM: PAULA MAIA


cidades 12 de maio de 2011

Posted by prefaciounitri in Cidades.
comments closed

Número de vereadores é votado hoje

 

Lana Arantes

12/05/2011

 

O Projeto de Lei Complementar 059 / 2011, de autoria de todos os vereadores de Uberlândia, com exceção da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), foi aprovado na Câmara Municipal de Uberlândia, nesta quinta-feira (12), durante a nona reunião ordinária do período. Atualmente a Câmara conta com 21 políticos, e poderá alcançar o número de 27 (seis vereadores a mais). A proposta foi aprovada em primeiro turno por 16 votos favoráveis, três contrários e uma ausência justificada. A votação só termina após o segundo turno, com no mínimo 2/3 dos votantes, que está previsto para esta sexta-feira (13).

A medida só foi possível com a promulgação da Emenda Constitucional (PEC) de 2009, que aumentou o número de vereadores em todo o país, recriando 7.343 dos mais de oito mil cargos de vereadores cortados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo a opinião da advogada Priscila Camila Faria dos Santos, o aumento no número de vereadores não trará grandes benefícios: “um número maior de vereadores na Câmara Municipal é desnecessário, pois será gasto mais dinheiro público para o pagamento de seus salários, verba que poderia ser aplicada a outros projetos. Isso não resolverá a morosidade da aprovação e/ou criação de projetos de lei destinados a solucionar os problemas da cidade. O problema não é o número de vereadores, e sim o trabalho que estes têm realizado; esta sim é uma tarefa difícil, que exige um pouco mais de esforço de cada um que foi eleito para este cargo”, declarou a advogada.

A Câmara Municipal poderá ter mais seis vereadores Foto: eurekabooking.com