jump to navigation

Aprendendo Comunicação Corporativa

Divulgação

Labirinto de lixo? Tripé base para sustentabilidade? Essas perguntas e muitas outras são exemplos do que foi discutido na palestra da jornalista, assessora, atuante em diversas áreas de marketing, dentre outras qualificações, Luciana Peluso. Esta marcou o terceiro dia da 23ª SECOM e abordou o tema Comunicação Corporativa. Atualmente, ela é a diretora de mídia no Grupo Totalcom, empresa organizadora do SWU (Starts Wifh You) – evento de conscientização ecológica que tem a música como atrativo jovem.

Luciana Peluso, ao invés de expressar suas competências de forma teórica, usou suas experiências adquiridas no SWU para exemplificar o tema. O labirinto de lixo foi um espaço montado para as pessoas transitarem em meio seu próprio lixo para se conscientizarem a cuidar do meio ambiente. Segundo ela, sustentabilidade é um tripé de três atitudes fundamentais: social, econômica e ambiental.

Luciana fala da repercussão social, dos erros e as críticas recebidas na organização do evento. “Não somos uma ONG nem uma instituição, somos apenas um movimento que conscientiza, pois acreditamos que um grande público, com pequenas informações, gera grandes mudanças”, justifica.

Ela também explica e dá dicas que o comunicador é especialista em gente. Que deve ser atual, que não adianta se comunicar como, há 20 anos, que deve haver interação, que as empresas devem usufruir das redes sociais, acessando como uma pessoa pertinente, relevante e discreta, para obterem retorno e entender os clientes. Que as ações devem ser dotadas de estratégia e que se a crise aparecer, deve ser ágil e responder aos clientes com prontidão, para que se evite perda de imagem, prejuízos e clientes frustrados.

A estudante de jornalismo Luana Roque diz o que achou do evento. “Foi extremamente interessante, ela dividiu experiência e sabedoria. E, através do case do SWU, a gente pôde absorver o conteúdo de forma aprimorada”.

Marco Lara, analista de marketing, ficou sabendo do evento por acaso em um restaurante de Uberlândia. “Tive curiosidade pelo tema e vim conferir como é a organização de um evento tão grande como o SWU”, comenta.

A aspirante do curso de jornalismo, Cristiane Gois, fala da semana de comunicação. “Gostei do evento, porque tive uma melhor visão do mercado profissional e pude absorver experiências de profissionais comunicadores”.

Por Karol Mascarenhas

26/05/11

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: