jump to navigation

Xadrez: garota de 12 anos vai disputar terceiro mundial

Érica Goulart
31/03/2011

imagem: g1.com.br

Katherine Vescovi com o pai Giovanni Vescovi

Campeã brasiliera e sul-americana, Katherine Vescovi, é considerada uma das maiores esperanças do xadrez no Brasil. Filha de Giovanni Vescovi, o melhor enxadrista brasileiro da atualidade, brinca com as peças desde cedo. Hoje, tem o patrocínio de uma multinacional e perdeu as contas de quantos trofeus já ganhou.

Com apenas 12 anos, ela diz ser uma criança normal, não muito diferente dos colegas, só reclama por ser chamada de nerd. “ O xadrez é muito legal, tem um ambiente muito bom. Você viaja muito, encontra outras crianças e sempre brinca com elas depois das competições. Consegue interagir bem”, diz a menina.

No exterior, participou de competições na Argentina, Bolívia, Grécia e Turquia. Já disputou dois Mundiais e vai para o terceiro em novembro deste ano, em Caldas Novas, Goiás. No entanto, quer mesmo é participar das Olimpíadas de Xadrez, ano que vem, em Istambul, pois na competição não há categorias e seria uma rara oportunidade de estar pai e filha no mesmo torneio.

Entre seus grandes sonhos, estão cursar medicina e ser a primeira mulher nascida no Brasil a se tornar uma Grande Mestre Internacional, maior título concedido dentro do esporte. Aqui, apenas 11 enxadristas têm a honra no currículo.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: