jump to navigation

Chocolate: mocinho ou vilão?

Por Thaís Medeiros
05/05/2011

Verdadeira tentação, irresistível para muitos. Fonte: Site Not 1

 Aos chocólatras de plantão, resistir à tanta diversidade de chocolate – formato de ovos recheados, tablete, ao leite, em pó, branco, amargo, mesclado – é praticamente impossível, mas cuidados quanto ao consumo excessivo do doce devem ser tomados.

Ultrapassar os limites, apesar dos benefícios que o produto oferece, pode acrescentar elevada quantidade de calorias ao organismo, além de gerar doenças graves, como a diabete. A nutricionista, Viviane Pires, recomenda cautela na ingestão do chocolate. “Gorduras saturadas do leite e a vegetal hidrogenada, presentes no chocolate, aumentam os riscos de obesidade causando possíveis complicações cardiovasculares”, afirmou.

Mas apesar disso, o chocolate contém alguns benefícios, pois transmite sensação de prazer, promove o bem-estar e alivia a tensão do dia a dia. É rico em cálcio, fósforo, proteínas, zinco e vitaminas. É um estimulante cerebral e possui propriedades anticancerígenas, que podem trazer benefícios ao sistema circulatório. Além disso, o chocolate é uma boa fonte de energia, pois possui alto nível calórico.

A dica principal da nutricionista é: “Vale lembrar que o chocolate é um alimento que traz benefícios e não há restrições nenhuma de idade para a ingestão de chocolates, apenas os consumidores devem ter moderação na ingestão, pois podem acarretar perigos na saúde”, concluiu.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: